Este site usa cookies técnicos, analíticos e de terceiros.
Ao continuar a navegar, aceita a utilização de cookies.

Embaixador da Itália no Brasil encerra visita ao Estado em Caxias do Sul

Embaixador Caxias 1

O Embaixador da Itália no Brasil, Alessandro Cortese, encerrou sua primeira visita oficial ao Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (10), em Caxias do Sul, onde teve encontros com autoridades, membros do governo, empresários e representantes da comunidade italiana. A recepção teve lugar na CIC Caxias, onde está localizada a sede do Consulado Honorário Italiano em Caxias do Sul.

Acompanhado pelo Cônsul-Geral da Itália em Porto Alegre, Valerio Caruso e pelo Cônsul honorário em Caxias do Sul, Gelson Castellan, Cortese participou do encontro “Business Itália-Brasil: Oportunidades e Desafios” organizado pelo Grupo de Líderes Empresariais LIDE. Para o Embaixador o momento é auspicioso para ampliar as relações comerciais entre os países. “Os 150 anos imigração italiana já são um grande motivo de fortalecimento das relações. Além disso, o Brasil tem a presidência do G20, então pelo menos 15 ministros italianos devem visitar o país neste ano. Acho que têm ótimas perspectivas para as empresas italianas aqui”, disse na reunião com empresários.

Cortese visitou também a Universidade de Caxias do Sul (UCS), onde foi recepcionado pelo reitor Gelson Rech, que destacou as relações acadêmicas e o intercâmbio de estudantes e professores que a entidade mantém com seis instituições italianas e anunciou  a articulação de um convênio com a Universidade de Siena.

Ainda na universidade, Cortese participou de uma breve entrevista na UCS FM e visitou a UCSGRAPHENE, maior planta de grafeno da América Latina instalada por uma universidade. Antes de voltar a Brasília, o diplomata participou de um almoço com representantes da comunidade italiana gaúcha.